Ministério Público pede suspensão do concurso da Prefeitura de Juruti

publicidade


Ajuizada pelo MP (Ministério Público) do Pará uma ação civil pública contra a realização do concurso público promovido pela Prefeitura de Juruti, gestão do prefeito Marquinho Dolzane, do PSD.

A promotora de justiça Lívia Tripac Mileo requereu, em liminar, a suspensão imediata do concurso, cujas inscrições encerram hoje, 5, às 23h59, e que disponibiliza 600 vagas, para os níveis de ensino fundamental, médio e superior.

Lívia Mileo constatou irregularidades no certame, autorizado pelo prefeito derrotado nas urnas a pouco mais de 50 dias dele deixar o cargo.

Caberá ao juiz Rafael Grehs, de Juruti, a decisão de suspender ou não o concurso.


Nenhum comentário