Condutor alcoolizado atinge poste, avança com carro contra policial e é preso em Santarém

publicidade

Condutor fugiu após atingir um poste, mas foi encontrado pela PM. Na tentativa de fugir novamente, agente da PM atirou nos pneus.
Seccional de Polícia Civil em Santarém (Foto: Adonias Silva/G1

Uma caminhonete atingiu um poste da Avenida Fernando Guilhon, no bairro Santarenzinho em Santarém, oeste do Pará, na madrugada de quinta-feira (26). Policiais militares que foram prestar apoio à equipe da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), encontraram o condutor do veículo causador do acidente em outro local, mas ele tentou fugir.

O sargento da PM, Anacleto Lima, contou que ao chegar à Avenida Fernando Guilhon o motorista da caminhonete já tinha fugido, mas alguém que tinha anotado o número da placa do veículo, passou a informação à PM. “Foi em outro momento da madrugada que nós localizamos o condutor dentro do veículo em outra via com o motor desligado”, disse o sargento.

O condutor identificado como José Rafael, de 38 anos, estava no banco de trás com uma outra pessoa, e ao perceber a presença dos agentes de segurança deslocou-se para o banco do motorista. “Foi determinado que o condutor saísse do veículo, mas ele não atendeu. Ele ligou o motor e acelerou o carro arremessando, inclusive, em um dos membros da guarnição”, relatou o sargento.

O agente que quase foi atingido respondeu à ação de José com dois tiros em um dos pneus dianteiros do veículo, na tentativa de parar a caminhonete. Segundo o sargento, José continuou dirigindo por 1 km, mas parou o carro por conta da dificuldade de deslocamento com o pneu furado.

Foi constatado que José Rafael ao ser retirado do veículo não estava armado, mas dirigia com alto grau de embriaguez alcoólica. Foi feito o teste do etilômetro detectando 0.89 de álcool no sangue.

José Rafael foi levado para a 16ª Seccional de Polícia Civil de Santarém por dirigir alcoolizado, onde assumiu os danos causados ao poste na Avenida Fernando Guilhon. O crime é afiançável, e assim que quitado o valor estipulado pelo delegado, José será liberado.

BlogdoCarpê com informações do G1 Santarém 


Nenhum comentário