Moradores fecharam avenida em protesto após idoso morrer atropelado por moto

publicidade

Manifestação aconteceu na noite de quinta-feira (2). O transito ficou congestionado durante o protesto que durou cerca de 30 minutos.
Moradores fecharam avenida Fernando Guilhon na noite de quinta-feira (2) (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Moradores que moram às proximidades da avenida Fernando Guilhon em Santarém, oeste do Pará, atearam fogo em pedaços de madeira durante um protesto na noite de quinta-feira (2), após um idoso morrer atropelado por uma moto. O objetivo era chamar atenção sobre os acidentes que são frequentes na avenida.

A manifestação durou cerca de 30 minutos. Os moradores fecharam a avenida com pneus e galhos de árvore. Eles alertavam para os riscos de atropelamentos e o trânsito no local ficou congestionado.

Enquanto populares faziam o protesto, um grupo de amigos se reuniu no local do acidente para fazer orações.

A polícia foi acionada para acompanhar o protesto e garantir a integridade dos envolvidos. Posteriormente, os moradores tiraram o material e liberaram a avenida.

Um idoso de 72 anos foi atropelado por uma moto na avenida Fernando Guilhon quando tentava atravessar para pegar o ônibus. O acidente aconteceu por volta das 20h de quarta-feira (1). A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente.

Divanor Paranatinga Lavor retornava para casa após jogar dominó com os amigos. Com o impacto da batida, o idoso foi arremessado para o canteiro central da avenida. O condutor da moto foi arrastado pelo veículo e levado para o Pronto Socorro.

BlogdoCarpê com informações do G1 Santarém 


Nenhum comentário