Cédulas de votação são distribuídas a escolas municipais para a escolha dos novos gestores em Santarém

publicidade

As eleições acontecem na sexta-feira (15), das 7h30 às 18h. Ao todo 60 mil cédulas foram disponibilizadas. O resultado das eleições deve sair até dia 19 de dezembro.
Distribuição de cédulas de votação começou a ser feitas na terça-feira (12) (Foto: PMS/Divulgação)

Começaram a ser entregues na terça-feira (12), as cédulas de votação que serão utilizadas na eleição de sexta-feira (15) em todas as escolas municipais de Santarém, no oeste do Pará, das 7h30 até às 18h. Podem votar: alunos com idade igual ou superior a 12 anos, pais e servidores das escolas. As cédulas foram distribuídas pela comissão eleitoral central da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que acompanha o processo de escolha democrática dos novos gestores das escolas municipais e dos coordenadores das Unidades Municipais de Educação Infantil (Umei's).

Foram enviadas as cédulas de votação para as comissões eleitorais das 60 escolas da região de rios (Arapixuna, Lago Grande, Arapiuns e Tapajós).

Nesta quarta-feira (13), foi a vez das 57 escolas e 32 unidades de educação infantil localizadas na zona urbana, e das 31 escolas do Planalto receberem as cédulas. Para as 57 escolas da zona urbana, foram homologadas as inscrições de 104 chapas. Das 57 escolas, 24 têm chapa única, onde a votação será para SIM ou NÃO. Nas outras 33, há 80 chapas na disputa.

Segundo o assessor de assuntos educacionais da Semed, Marcos Gentil, ao todo, 60 mil cédulas foram disponibilizadas para a eleição dos novos gestores e coordenadores. "A gente vive um momento de fortalecimento da gestão democrática no município. Estamos na semana em que o processo de campanha se intensifica, porque, na sexta-feira (15), acontece o processo de escola dos gestores e coordenadores. Estamos fazendo a distribuição das cédulas de votação que ficarão sob a responsabilidade das comissões eleitorais de cada unidade escolar", explicou.

O professor Marcos Gentil destacou que esse é um momento importante de organização e reorganização do corpo administrativo das escolas e Umei's em preparação ao ano letivo de 2018, daí a necessidade da comunidade escolar participar das eleições.

Nesse processo eleitoral, não haverá escolha de gestores para as escolas indígenas. A Semed ainda vai iniciar um diálogo com as lideranças e as comunidades indígenas para organizar um processo eleitoral que reconheça a identidade indígena e a forma de organização social dos povos indígenas

O resultado da eleição dos novos gestores de escolas municipais de ensino fundamental e coordenadores de Umei's da zona urbana e das regiões de rios e planalto de Santarém será conhecido até o dia 19 de dezembro, conforme prazo previsto no edital que regula o processo.

Blogdocarpê com informações G1 Santarém 


Nenhum comentário