Polícia Civil cumpre mandados de prisão, busca e apreensão em Juruti

publicidade

A Superintendência da Polícia Civil do Baixo e Médio Amazonas desencadeou na manhã dessa sexta-feira(22/12/17) no município de Juruti, a operação denominada “SUPLÍCIO DE TÂNTALO” objetivando o cumprimento de 8 mandados de prisão preventiva cumulados com 10 buscas e apreensões(sendo uma na Secretaria de infraestrutura da Prefeitura de Juruti, uma na subprefeitura de Juruti Velho, e as demais nas residências dos investigados) tendo como alvos servidores públicos do município de Juruti, dentre eles o presidente da Câmara Municipal, o Secretário de infraestrutura da Prefeitura de Juruti, a subprefeita de Juruti Velho, 2 assessores do governo e demais servidores. De acordo com as investigações, os representados constituíram verdadeira organização criminosa com o propósito de desviar em proveito próprio e de terceiros, grandes quantidades de combustível utilizado no abastecimento da Usina termoelétrica da comunidade de Juruti Velho, assim como a contratação sem o devido procedimento legal, de pessoas para a realização de serviço público. Cumpre esclarecer que, a energia elétrica da comunidade de Juruti Velho é fornecida por meio de Usina Termoelétrica. Dessa forma, a prefeitura de Juruti, por meio da Secretaria de Infraestrutura fornece mensalmente a quantia de 30.000(trinta mil) litros de combustível de forma gratuita à população que reside em Juruti Velho, para o funcionamento do gerador, combustível este que era desviado pelos servidores, resultando em consequente dano ao erário público e a população de Juruti Velho diretamente afetada. A investigação que gerou a operação está sendo presidida pelo Dpc Jair Castro, titular da Depol de Juruti com o apoio do NAI, ao comando do Dpc Silvio Birro, sob a coordenação geral do Superintendente Dpc Gilberto Aguiar.

Fonte: RG 15/O Impacto


Nenhum comentário