Rebocador da Bertolini é içado

publicidade


Primeira imagem do rebocador que estava no do fundo rio desde o dia 02 de agosto.

De acordo informações da Capitania Fluvial de Santarém, por volta das 8:30 horas da manhã desta terça-feira, o rebocador da empresa Bertolini começou a ser içado.

A expectativa dos familiares das 9 pessoas desaparecidas – as famílias já se encontram no município de Óbidos para acompanhar de perto o resgate – , é pela localização dos corpos.

Segundo o planejamento, antes do içamento da embarcação, será lançado uma rede sobre a mesma, com o objetivo de preservar qualquer objeto que por ventura venha a se desprender.

Uma vez içado, o rebocador será colocado em cima de uma balsa, após resguardada a segurança, os peritos iniciarão os trabalhos de levantamento de local de crime. Uma vez localizados os corpos, os mesmos serão retirados e deverão ser encaminhados ao Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves em Santarém, onde se fará a coleta de DNA para subsidiar a identificação.

Informação Jornal Impacto 


Nenhum comentário