Procon inicia cadastro de consumidores que desejam negociar dívidas em Santarém

publicidade

Ação ocorre de 3 a 5 de janeiro, no Rio Tapajós Shopping. Consumidor interessado em quitar as dívidas deve comparecer ao local munido do documento de identificação.
Início de ano é o período ideal para fazer o planejamento da economia. Uma oportunidade é o cadastro de consumidores que desejam negociar suas dívidas, promovido pelo órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em Santarém, oeste do Pará. O cadastro que será feito a partir de quarta-feira (3) no Rio Tapajós Shopping, é o primeiro processo da negociação que deve ser finalizado em março.
O consumidor que estiver com dívidas em bancos, comércios, estabelecimentos do centro comercial e em shoppings poderão se cadastrar até sexta-feira (5). A pessoa interessada deve comparecer ao local munida do documento de identificação. “Após o período de cadastro do consumidor, será feito o cadastro das empresas. Em março, que é celebrado o dia nacional do consumidor, será realizado a semana do consumidor onde serão feitas de fato as negociações” explica a advogada do Procon de Santarém, Lyvia Daniel.

A ideia é oferecer um benefício maior do que as empresas constantemente oferecem. “Quando se tem um débito as empresas entram em contato, às vezes insistentemente todos os dias. Então as empresas que entrarem nesta ação vão oferecer um desconto mais especial nos juros nas multas. Inclusive, algumas empresas tiram 100% de juros e multas”, completou a advogada.

Dicas

A melhor dica é fazer a negociação pessoalmente conversando com o gerente da empresa. Mas para quem não tem tempo de ir à instituição, as próprias lojas contratam outras empresas especializadas em cobrança para fazer a abordagem e a negociação. Para segurança do consumidor o Procon orienta observar os dados da empresa que está encontrando em contato, verificar se a dívida é a cobrada, analisar se o desconto oferecido é compensatório, solicitar o envio da fatura por e-mail e anotar o número de protocolo.

“É muito importante o consumidor a anotar o protocolo de todo e qualquer atendimento para ele se precaver. Por que se futuramente ele for vítima de um golpe, ou se não estiver quitada a dívida da forma que foi acordada é mais fácil o Procon trabalhar por ele [consumidor]”, orienta a advogada.

Blogdocarpê com informações G1 Santarém


Nenhum comentário