Prefeitura e Dnit vistoriam Terminal de Cargas e Passageiros de Santarém

publicidade

Na tarde desta sexta-feira (9), o coordenador geral da Administração Hidroviária da Amazônia Oriental (Ahimor)/Dnit, Miguel Fortunato, esteve com o prefeito Nélio Aguiar, o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), Daniel Simões, e o vereador Henderson Pinto, vistoriando o espaço do Terminal de Cargas e Passageiros, no bairro Prainha.

A vistoria foi solicitada para que comece a atracação no Terminal. "O governo municipal tem trabalhado para liberar o terminal, que foi inaugurado ano passado. O porto é federal, pertence ao Dnit e isso é um entrave. Juntamos as equipes técnicas da Seminfra e da Marinha para legalizar, por conta de ser de responsabilidade do Dnit", explicou o titular da pasta, Daniel Simões.

O gestor municipal, Nélio Aguiar, destacou que a prefeitura está aguardando a autorização por parte da Marinha. "Inicialmente, será feita a liberação da rampa, porque ainda falta um flutuante ser liberado pela Marinha, que precisa, inclusive, ser analisado pelo Tribunal da Marinha do Rio de Janeiro. A prefeitura já encaminhou os documentos necessários, para iniciar a operar a rampa. Assim que a Marinha liberar, vamos operar o porto por completo", destacou.
O coordenador da Ahimor, Miguel Fortunato, ressaltou que a vistoria é o prosseguimento de um trabalho que já vem sendo realizado para a operacionalização do porto. "Já reunimos com o capitão dos portos, que se comprometeu em ajudar para acelerar o procedimento de regulamentação do porto. A expectativa é que, para que ainda nesse mês comece a operacionalização, visto a necessidade do município, que está com obras na orla", finalizou o coordenador.

Sobre o Terminal de Cargas e Passageiros

As obras iniciaram em 2008, com o convênio Dnit-292/2006 DAQ, contrato 07/2008, sob a responsabilidade da empresa Construtora Mello de Azevedo S/A. No terminal constam: cais de arrimo, rampa de concreto armado, drenagem pluvial, cais flutuante, terminal de cargas e passageiros e obras complementares. O valor total utilizado na obra é R$ 6.216.796,42, oriundo do Ministério do Transporte / Dnit e Prefeitura de Santarém.

FONTE Blogdocarpê 


Nenhum comentário