Vice-prefeito Davirley Sampaio participou do lançamento do Programa Internet Para Todos com ministro Gilberto Kassab

publicidade

O programa tem como objetivo promover o atendimento a regiões onde inexiste acesso à internet banda larga
O vice-prefeito Davirley Sampaio participou na tarde deste sábado (24), no auditório do Centro Municipal de Informação e Educação Ambiental (Ciam), em Santarém da apresentação do programa “Internet Para Todos”, do Ministério da Ciência e Tecnologia. O evento contou com a presença do ministro Gilberto Kassab. O programa chega com objetivo de promover o atendimento a localidades e distritos onde inexiste acesso à internet banda larga, colaborando com o desenvolvimento regional e a inclusão digital em mais de 40 mil localidades desassistidas de todo Brasil.

Segundo o ministro Gilberto Kassab a chegada do sinal de banda larga nos lugares mais distantes do país, só foi possível graças ao primeiro satélite brasileiro recém-posicionado em órbita terrestre, que além de ampliar a capacidade das telecomunicações, vai levar a cobertura de serviços de internet banda larga no Brasil, com foco em áreas de difícil acesso, ele também fornecerá um meio seguro para transferência de informações civis e militares que envolvam a segurança nacional.

“Inicialmente, o que garantirá o fortalecimento do programa são os convênios, que estão sendo firmados, baseados nos pilares da nação. O primeiro foi realizado com o Ministério da Defesa, que usará 30% da capacidade do satélite para o monitoramento de fronteiras, o que deve beneficiar muito o estado de Mato Grosso como por exemplo em relação a divisa com a Bolívia, um dos pontos frequentes de tráfico internacional de drogas. O segundo convênio também já foi fechado com o Ministério da Educação, para a “Educação Conectada” e, estamos finalizando o terceiro com o Ministério da Saúde, para o “Prontuário Eletrônico. Agora trazemos o quarto convênio que será firmado diretamente com os prefeitos, chamando as prefeituras para aderirem ao programa, gratuitamente, no site do ministério”, esclarece Kassab.

A primeira antena do satélite será instalada ainda este ano. De acordo com o vice-prefeito Davirley Sampaio, por determinação do Prefeito Jociclélio Macêdo, a prefeitura de Belterra ja está se preparando para receber as novas tecnologias.

“Através da parceria com o Governo Federal, vamos mapear os pontos onde não é há o acesso a internet no perímetro urbano e rural de Belterra e, dessa forma, a prefeitura vai estar inserida no programa “Internet Para Todos”, do Ministério da Ciência e Tecnologia. Todos terão acesso a conhecimento e informações, além de ter contato com seus familiares que residem em outros lugares do país e até do mundo”, acredita o vice-prefeito Davirley Sampaio.

Para o Prefeito Jociclélio Macêdo hoje em dia é impossivel viver sem tecnologia, e a internet vai estar em todo Pará, trazida pelo Ministério da Ciencia e Técnologia através da vinda do Ministro Gilberto Kassab. O prefeito afirmou que a internet significa igualdade. "A internet é um direito fundamental do cidadão. Não há como nós vivermos hoje sem ela. Ela significa conhecimento, pesquisa, saúde, educação, segurança. Pois, o cidadão que não tem acesso a informação é deixado para traz", ressaltou o prefeito.

Satélite

O satélite geoestacionário gira na mesma velocidade da Terra e fica "estacionado" sobre um mesmo ponto do planeta. Pesando 5,8 toneladas e com 5 metros de altura, ele vai ficar posicionado a 36 mil quilômetros da Terra e cobrirá todo o território brasileiro, além do oceano Atlântico. A previsão de vida útil do satélite é de 18 anos. A construção do satélite foi feita em Cannes e Toulouse, na França, pela empresa aeroespacial Thales Alenia Space, e durou 2 anos. O projeto foi supervisionado pela Visiona Tecnologia Espacial, parceria entre Embraer e Telebras. Segundo o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o SGDC terá uso civil e militar e exigiu R$ 2,784 bilhões em investimentos.

Fonte Blogdocarpê 


Nenhum comentário