Reginaldo Campos confirma favorecimento a empresas em licitações realizadas pela Câmara

publicidade

Em um contrato para fornecimento de refeições e organização de eventos para a Câmara, a empresa vencedora foi usada para que outra pudesse receber pagamentos por refeições fornecidas ao legislativo.
colaboração premiada, o ex-vereador Reginaldo Campos, reú da “Perfuga”, confirmou ao promotor público Rodrigo Aquino, que houve favorecimento a empresas investigadas na Operação Irmandade, para que vencessem processos licitatórios da Câmara Municipal de Santarém, no oeste do Pará.

Os vídeos da colaboração foram liberados pelo Ministério Público, com autorização do poder judiciário nesta quinta-feira (20).

Em um dos vídeos, Reginaldo Campos revela que no Contrato 007/2016, a empresa Renato R.M da Silva ME, que venceu a licitação para aquisição de serviços para realização de eventos, coquetéis, fornecimento de refeições do tipo marmitex, variação de cardápio para atender a Câmara, foi favorecida por intermédio dele. O contrato foi assinado em 04/07/2016.

“Havia necessidade de fazer pagamento desses itens, principalmente de marmitex. Então, eu sugeri ao seu Rubens (Athias) que desse uma atenção especial ao senhor Renato, para que ele pudesse ganhar a licitação, uma vez que ele também já estava me pedindo isso, e também porque ele era uma pessoa que me ajudava, que estava ali próximo da gente. E havia a necessidade de pagar alguns marmitex que eram pegos da ‘Piracatu’ e não tinha mais como pagar diretamente pela Câmara”, revelou Reginaldo.

Fonte G1 Santarém 


Nenhum comentário