SENADOR FLEXA RIBEIRO REÚNE COM LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS E DO MERCADO INFORMAL DE BELÉM

publicidade

O senador Flexa Ribeiro lotou o auditório do Clube Monte Líbano, em Belém, na noite da última segunda-feira (18.) Lideranças de vários bairros da Região Metropolitana e do mercado informal estiveram presentes no encontro que debateu soluções para o fortalecimento econômico e o desenvolvimento urbano da capital paraense.

Para o presidente das Lideranças do Mercado Informal de Belém, Ray Moraes, o encontro foi muito positivo. “O senador Flexa Ribeiro, desde o começo da nossa luta pelo trabalhador do mercado informal, sempre se disponibilizou em ajudar a nossa categoria. Um momento como este, em que as lideranças têm a oportunidade de falar ao nosso representante no Senado, é fundamental para definir as nossas estratégias”, comentou.

Presente no evento, o presidente do Sindicato dos Mototaxistas do Estado do Pará, José Ribamar Silva, o alemão, solicitou o apoio do senador para a categoria. “Um dos grandes sonhos dos mototaxistas é renovar a nossa frota e oferecer mais segurança aos usuários. Para isso, pedimos a retirada dos impostos federais na compra das nossas motocicletas”, defendeu alemão.

Com inúmeros projetos para fortalecer a economia regional, Flexa Ribeiro é autor do projeto que retira a cobrança do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) das motocicletas adquiridas pelos motoboys e mototaxistas. “Pois é, alemão, você pensa e o senador Flexa Ribeiro age. Quando aprovada essa proposta vai baixar em 30% o custo da motocicleta. O projeto está lá, no Senado. E nós vamos lutar para aprova-lo e virar lei”, reforçou o senador.

Representante dos líderes comunitários, Dinho do Guamá, presidente da Associação de Moradores da Rua Augusto Corrêa, do Guamá, solicitou apoio do senador para reduzir o custo da conta de energia. “O trabalhador, muitas vezes, deixa de comprar o alimento para pagar a conta de energia. E isso é um efeito dominó que acontece não só no bairro do Guamá, mas em outros bairros da periferia de Belém. Então, nosso senador, fale lá no Senado. Dê um grito lá por nós. Nós estamos precisando dessa força”.

Sobre a demanda do líder comunitário do Guamá, o senador Flexa Ribeiro afirmou que continuará trabalhando para fazer justiça ao povo do Pará. “Como é que pode um estado exportador de energia ter uma das tarifas mais caras do Brasil. Isso é um absurdo”, indignou-se Flexa.

O senador vem lutando em Brasília para tornar mais barata a conta de energia paga pela população paraense. Já conseguiu acabar com a cobrança das bandeiras tarifárias aos municípios que se encontram isolados, aqueles que estão fora do Sistema Interligado Nacional (SIN). “Trabalho para fazer justiça ao povo paraense. Não tem cabimento essa cobrança. Pagamos muito caro pela energia. Já consegui baratear a conta dos municípios isolados e continuarei trabalhando para estender esse benefício a todos os paraenses”, enfatizou o senador.


Nenhum comentário