IML não libera corpo por falta de médico e família se revolta

publicidade

Familiares de Jhon Leno de, 28, anos morto  por enforcamento na madrugada desta terça-feira, no bairro Santo André, em Santarém, continuam em frente ao Instituto Médico Legal (IML) aguardando para liberar o corpo. Não existe médico de plantão na seção técnica, segundo afirmam.
‘Estamos aqui desde ao amanhecer e até o momento (11 horas) não chegou o médico.
Dr. Loureiro que segundo informação ele está fazendo uma cesariano particular no hospital da UNIMED. Para depois encaminhar a liberação’, comenta uma tia, da vítima.
O Blogdocarpê deve  encaminharam pedidos de providências à Secretaria de Segurança Pública.

Fonte Blogdocarpê 


Nenhum comentário