Licença ambiental para asfaltamento da Transamazônica foi expedida em 2011

publicidade

Em reunião da Comissão de Infraestrutura do Senado, a diretora de Licenciamento Ambiental do Ibama, Larissa Carlona Amorim, afirmou que desde 2011 está expedida a licença ambiental para o asfaltamento do trecho entre Humaitá e Borba da BR-230, a Transamazônica.

# Já há projetos e recursos no orçamento para a obra, mas o governo federal sempre alegou que o problema era a falta de licenciamento ambiental. A informação da diretora do Ibama causou indignação entre os senadores da bancada amazonense.

# Outra rodovia problemática, a BR-319, teve incluída na LDO para 2019, emenda que assegura a liberação de recursos para asfaltamento no próximo ano.

Fonte Portal Acrítica Manaus


Nenhum comentário