Operação integrada mira motocicletas roubadas, irregulares e usadas em crimes em Santarém

publicidade

Uma operação integrada mira motocicletas roubadas, irregulares e usadas em crimes em Santarém, no oeste do Pará, nesta sexta-feira (20).

A força tarefa reúne a Polícia Militar (PM), Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Polícia Civil e a Secretaria de Mobilidade e Trânsito (SMT).

O efetivo de militares foi reforçado para a operação. Novas motociclistas foram entregues à PM e vão ajudar no policiamento ostensivo na área do CPR-1.

O nome dado a operação faz referência aos casos em que os criminosos usam motos para cometer principalmente roubos. O foco da operação são os motociclistas.

Nesta sexta-feira (20), policiais iniciaram um treinamento de como agir em abordagens com apoio das motos. Uma blitz ocorreu em um trecho da PA-370, próximo ao Sesi.

Abordagens

Além da fiscalização na parte administrativa do veículo e do motorista, os órgãos de segurança fazem busca ativa para tentar encontrar armamentos, munições e drogas.

A PM destaca que os motoristas precisam colaborar com o trabalho dos órgãos de segurança pública, como reduzir a velocidade, baixar o vidro e parar nas abordagens.

As ações de combate a criminalidade vão continuar em Santarém e nos municípios do oeste do Pará, como em Monte Alegre, Juriti, Alenquer e Oriximiná.

Ocorrências

Segundo a PM, os índices de furtos e roubos praticados por criminosos ainda é preocupante e vem sendo combatido graças ao trabalho das polícias.

Fonte G1 Santarém 


Nenhum comentário