Residencial Salvação recebe rede itinerante de serviços de saúde e cidadania nesta sexta-feira

publicidade

Equitação edição do projeto Itinerante de Serviços pelo Combate à Violência Doméstica desembarca nesta sexta-feira (24), no Residencial Salvação, em Santarém, oeste do Pará. Serviços em saúde, assistência e emissão de documentos estarão disponíveis. Os moradores do residencial e dos bairros próximos terão acesso aos atendimentos, que serão feitos na igreja Cristo Salvador, das 8h às 12h.

Desta vez, o projeto será executado como parte da programação da Semana da Paz em Casa, em uma parceria do Ministério Público com a Vara da Violência Doméstica. O projeto já foi levado ao Urucureá, São Raimundo da Palestina, São Raimundo do Eixo Forte, Ituqui e São José.

Serão disponibilizados atendimentos do MP, do ProPaz, Maria do Pará, Delegacia da Mulher (Deam), Abrigo de Mulheres e Vara da Violência Doméstica. A secretaria municipal de Saúde vai disponibilizar consulta médica, de enfermagem, vacinas e emissão de cartão SUS. O CTA fará testes rápidos de HIV, hepatite, sífilis. O programa MP e Comunidade leva o projeto “Direito de Filiação”, com orientações para mães que tem filhos sem o nome do pai na certidão.

Serviços diversos

A secretaria municipal de Assistência Social (Semtras) terá os serviços de carteira interestadual do idoso e passe livre do PNE, cadastro único e Cras volante. A Polícia Civil fará emissão de 80 unidades de RG, 1ª ou 2ª via. No local, serão tiradas fotos 3x4 ao custo de R$ 5. O Cartório 3º Ofício vai emitir certidões de nascimento, e os Correios farão emissão de CPF, ao custo de R$7, sendo que 50 unidades serão custeadas pela Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL.

Haverá ainda orientações e palestras da Ronda Escolar da PM e atividades lúdicas para as crianças promovidas pela secretaria municipal de Educação (Semed).

A programação terá a participação da juíza da Vara da Violência Doméstica, Carolina Maia, e da promotora de justiça da Violência Doméstica, Luziana Dantas, que coordenam essa edição do projeto.

Fonte G1 Santarém


Nenhum comentário