14 de setembro de 2018 Busca dos Mastros do Çairé 2018

publicidade

A Comissão Organizadora da Festa do Çairé 2018, formada por representantes da Vila balneária de Alter do Chão e da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e demais secretarias municipais e parceiros realiza neste sábado (15), a tradicional Busca dos Mastros. Comunitários, visitantes, organizadores, juntam-se para reviver um momento ímpar de devoção e fé, que a antecede a abertura oficial da Festa do Çairé - este ano agendado para o período de 20 a 24 de Setembro. A temática deste ano é: "Crença e Magia. Encantos da Amazônia".
Saraipora leva o símbolo do Çairé durante a Procissão Fluvial (Foto: Ronaldo Ferreira/Arquivo - Ascom PMS)Integrante da Comissão Organizadora Cleuton Sardinha relata a importância desse momento. "Vamos iniciar com alvorada na madrugada, depois a concentração na casa da moradora Maria Bem-Vinda para reza e o reforço do café da manhã regional. Depois saímos pelas ruas até a Orla de Alter e seguimos nas embarcações de pequeno e médio porte, de forma ordenada seguimos até a mata na ponta da Santa Luzia às margens do Lago Verde e retornamos à Vila. Já na areia carregamos os troncos e depositamos na praia da Gurita. Os mastros serão retirados na quinta-feira, dia 20, dia inicial da programação oficial do evento, ornamentados com folhagens e frutos são hasteados na Praça do Çairé até a data final, dia 24, quando ocorre a derrubada dos mastros e encerramento do Çairé", explicou.

Veja outras notícias sobre o Çairé 2018
O secretário municipal de Cultura Luís Alberto Figueira disse que este momento é ímpar uma vez que motiva a todos a sentirem a essência do Çairé. "A busca dos mastros deixa a população santarena e visitantes de todos os pontos do planeta no clima do Çairé. Todo o governo municipal está empenhando mais uma vez no fazer na realização dessa grande Festa. O olhar do mundo volta-se a Santarém, para a Vila de Alter do Chão. Que tenhamos mais uma vez o Çairé de festa e paz", felicitou.

Mulheres e Homens disputam que carrega o mastro primeiro até às margens da praia (Foto: Ronaldo Ferreira/Arquivo - Ascom PMS)A rota da procissão fluvial é feita pelas águas do rio Tapajós. O cenário desse rito religioso é composto pelos personagens: Juiz, Juíza, os mordomos e mordomas, procuradores, rezadeiras, o grupo musical Folia - Espanta Cão, a Saraipora, comunitários e visitantes. A Saraipora quem carrega o símbolo religioso do Çairé, a Santíssima Trindade (Deus Pai, Deus filho e Espírito Santo).

Responsabilidade ambiental

Para incentivar a preservação ambiental das belezas naturais da Vila de Alter do Chão, durante a Busca dos Mastros a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) plantará na mata 20 mudas de plantas, sendo 16 pés de ipê amarelo e 6 pés de andiroba - espécies nativas da Amazônia.

Segundo o fiscal da Secretaria de Meio Ambiente (Semma), Mário Maranhão o plantio já é tradicional e exemplar pela Comissão da Festa do Çairé. "A reposição dos organizadores dessa grande Festa tradicional da Amazônia, é excelente para destacar o compromisso ao meio ambiente. É uma forma de compensação ambiental das árvores que são retiradas para servir como mastro durante a manifestação cultural. Além disso, o ato quer sensibilizar a população para os cuidados com os recursos naturais", explicou.

Serviço

Busca dos Mastros do Çairé 2018

Local de Saída: Residência da moradora Maria Bem Vinda, onde ocorrerá o café regional

Endereço: Rua Pedro Teixeira, Nº 397, Centro (Quase esquina com a Travessa Antonio Alves

15/09 (Sábado)

05h00 - Alvorada | Fogos (Praça do Çairé)

08h00 - Procissão Fluvial | Busca dos Mastros (Lago/Rio)

22h00 - Festa dos Mastros - Banda Pegada do Forró (Clube Luso)

A organização aguarda 100 embarcações de pequeno e médio porte.

Blogdocarpê 


Nenhum comentário