Famílias dos bairros Floresta e Nova República serão beneficiadas com recursos do Cartão Reforma

publicidade

Famílias com renda bruta de até R$ 2.811,00, moradoras dos bairros Floresta e Nova República, em Santarém, oeste do Pará, vão poder se cadastrar no processo de seleção para acesso a recursos do programa Cartão Reforma, do Governo Federal. Devem ser contempladas com 230 famílias do bairro Floresta e 170 da Nova República. A data para abertura das inscrições será divulgada em breve.

A portaria Nº 539 de 16 de agosto de 2018, que divulga o resultado da seleção em que Santarém foi aprovado para executar o programa, foi publicada no Diário Oficial da União em 20 de agosto.

De acordo com informações da Prefeitura de Santarém, o programa será coordenado pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras). Será destinado R$ 1.150.000,00 a 230 famílias do bairro Floresta, e 850.000,00 a 170 famílias do bairro Nova República.

O edital 001/2018 do Ministério das Cidades foi aberto para todo o Brasil. Todos os municípios podiam enviar suas propostas. Santarém apresentou duas propostas e elas foram aprovadas, dentro das exigências estabelecidas no edital.

"Essa aprovação foi recebida com muita alegria em função de impactar de maneira positiva o município na questão de moradia e irá ajudar famílias que melhorarão suas residências e, principalmente, esse recurso irá fomentar a economia do município, fortalece o desenvolvimento sustentável da cidade, além de ajudar as famílias que serão beneficiadas", comemorou a secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito.

O programa Cartão Reforma tem como objetivo melhorar as condições de moradias das famílias de baixa renda por meio da concessão de subsídio para compra de materiais de construção e assistência técnica de profissionais da área da construção civil.

Condições para participar do programa:
Ter renda familiar bruta de até R$ 2.811,00;
Possuir um único imóvel em todo o território nacional e residir nele;
Ser maior de 18 anos ou emancipado;
Ser proprietário, possuidor ou detentor de imóvel residencial em área indicada pelo município e aprovado pelo MCidades;
Fornecer mão de obra, equipamentos e ferramentas para a execução dos serviços;
Possuir celular habilitado para receber SMS.

Não podem participar do programa famílias residentes em imóveis alugados ou cedidos ou em imóveis exclusivamente comerciais.

Fonte G1 Santarém


Nenhum comentário