Falha no serviço de validação da biometria impede a emissão da CNH em Santarém

Pessoas que desejam emitir a carteira nacional de habilitação estão enfrentando dificuldades, isso porque uma falha no serviço de validação da biometria não permite que a solicitação seja concluída. Com isso, os candidatos fazem as aulas, mas as horas não são registradas. O problema tem ocorrido em todas as autoescolas de Santarém, no oeste do Pará.

O representante das autoescolas do oeste do Pará, Jone Campos, disse que o problema se agravou na última semana, quando alunos não têm tido a biometria para fazer as aulas no simulador, sendo necessário o remanejamento para outra data. “Com isso o aluno perde tempo porque essa aula tem que ser reposta, a clínica que encaminha para os procedimentos não faz isso, o aluno que vai até o simulador também não consegue coletar a biometria, e isso daí diminui o prazo do aluno”, explica.

Muitos alunos têm receio de não conseguir realizar os procedimentos no prazo de um ano, o que na prática faria com que essas pessoas gastassem mais dinheiro para recomeçar a documentação.

O Detran reconhece o problema, e diz estar trabalhando para normalizar os serviços. “Em contato com os colegas de Belém, que nos informaram estar trabalhando diuturnamente, para resolver a instabilidade do sistema, que provavelmente, deve estar resolvido a partir de sexta-feira”, disse o diretor da 1ª Ciretran de Santarém, José Sales.

Quem se sentir prejudicado pelos problemas, deve comparecer à sede do Detran, que o órgão dará o prazo mínimo de reativação do processo.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário