Quatro detentos são assassinados em caminhão da Susipe durante transporte de Altamira para Belém

Pelo menos quatro detentos do Centro de Recuperação de Altamira que estavam sendo transferidos para Belém foram assassinados durante a operação de transporte. Os corpos estariam no Instituto Médico Legal de Marabá. A informação foi divulgada pelo portal Correio de Carajás, da Região Sul do Estado, e confirmada agora de manhã pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), que concentra todas as informações oficiais sobre o massacre ocorrido no presídio de Altamira na última segunda-feira, 29, quando 58 detentos foram mortos.

Em nota, a Secom informou que o Governo do Estado apura as circunstâncias de morte dos detentos que eram transferidos de Altamira. “A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) informa que quatro presos participantes da briga entre facções em Altamira foram mortos ontem, 30, durante transporte entre Novo Repartimento e Marabá. Eram da mesma facção e viviam juntos nas mesmas celas. Foram comparsas no confronto entre facções. Durante o transporte, estavam algemados, divididos em quatro celas. A capacidade das celas era para até 40 presos, e 30 eram transportados. O Estado não possui caminhão com celas individuais”, informou.

Ainda de acordo com a nota, a ação criminosa ocorreu entre 19 horas e 1 hora da manhã. Ao chegar a Marabá, os agentes encontraram quatro presos mortos por sufocamento em duas celas. Todos os 26 presos remanescentes serão colocados em isolamento. As razões estão sendo investigadas.

Segundo informação do Correio de Carajás, 30 detentos viajavam em um caminhão da Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) com destino a Belém, quando uma confusão generalizada começou dentro do veículo. Quatro presos teriam sido mortos durante a briga e os corpos levados ao IML, em Marabá.

Fonte Roma News

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Blogdocarpê
(93) 991218080

Nenhum comentário