Resende Batista não cumpre prazo para início das atividades e licitação do transporte coletivo pode ser cancelada

Prazo para nova empresa iniciar atividades encerra na quarta-feira, 17, mas até o momento os novos veículos nem chegaram a Santarém. Prefeito dará coletiva para esclarecer o atraso.

A empresa Resende Batista, vencedora da licitação para o transporte coletivo em Santarém, não vai cumprir o prazo pré-estabelecido para início dos trabalhos, marcado para começar na quarta-feira, dia 17. Com menos de 24 horas para o término do prazo legal da apresentação dos veículos desta nova frota, que nem chegou ainda, a Prefeitura de Santarém já trabalha com possíveis penalidades previstas em contrato.

Para enfim dar um posicionamento à população santarena, o prefeito Nélio Aguiar e o Secretário de Mobilidade e Trânsito, Paulo Jesus, concederão entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, a fim de esclarecer questões acerca do não cumprimento do prazo por parte da Resende Batista.

Oficialmente, a Prefeitura de Santarém pode desde advertir a Resende Batista até rescindir o contrato, dando início a um novo processo licitatório.

RG 15 / O Impacto

Nenhum comentário