Justiça determina prisão temporária de marido da jovem encontrada com tiro na cabeça em Santarém

publicidade

A Justiça determinou, nesta terça-feira (3), a prisão temporária do marido da jovem que foi encontrada com um tiro na cabeça, no bairro Santíssimo, em Santarém, oeste do Pará. O fato ocorreu no dia 24 de agosto.

Eduardo de Souza Leda é considerado o principal suspeito de ter efetuado um disparo de arma de fogo na cabeça de sua companheira, Ângela Pinheiro Amorim, de 25 anos.

De acordo o delegado Thiago Mendes, da Especializada de Homicídios, todas as diligências foram realizadas e levaram a pedir prisão de Eduardo pela tentativa de feminicídio, porque desde o dia em que Ângela foi encontrada, o companheiro da jovem desapareceu e, segundo o delegado, não compareceu para prestar informações à polícia.

Diante do mandado de prisão decretado pela Justiça, Eduardo Souza é considerado foragido por estar em lugar incerto. A Polícia Civil pede que quem souber da localização de Souza, possa fazer a denúncia via 190.

O caso

A polícia recebeu a informação de que havia uma mulher morta dentro de uma casa na avenida Marabá, bairro Santíssimo, na tarde do dia 27 de agosto, e imediatamente a equipe comandada pelo delegado Thiago Mendes se dirigiu ao local, onde encontrou Ângela desacordada, ferida e despida em uma cama.

A Polícia Civil levantou várias hipóteses para o caso, mas segue pela linha de tentativa de feminicídio, porque segundo os vizinhos, havia um casal brigando na residência três dias antes da jovem ser encontrada.

Atualmente, Ângela está internada no Hospital Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS) e o quadro clínico é considerado grave pela equipe médica.

Fonte G1 Santarém 


Nenhum comentário