Policiais civis denunciam Helder Barbalho por Improbidade Administrativa

O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado do Pará, entrega, nesta terça-feira, 17, ao procurador-geral do Ministério Público do Pará, Gilberto Valente, pedido para que o governador Helder Barbalho (MDB) seja responsabilizado e processado pelo crime de Improbidade Administrativa, por não cumprir a Lei em favor dos Policiais Civis.

Além de protocolar o documento, a categoria realiza ato de protesto, desde às 8h, em frente à sede do Ministério Público, para cobrar respostas do Governo do Estado, que não teria cumprido os compromissos definidos na última Assembleia Geral, como Data Base; Tempo Integral; Retroativo de Abono; Adicional Noturno, progressão funcional, entre outros benefícios.

Na última quinta-feira, 12, os policiais protestaram na frente do Palácio dos Despachos, na Almirante Barroso, em Belém, bloqueando a passagem de veículos no local. De acordo com os representantes da categoria, “o governador não quer respeitar os direitos dos servidores de maneira pacífica e democrática”.

Após visitas às delegacias da capital e interior do Pará, foram constatados problemas na parte estrutural, falta de efetivo e viaturas, além de promessas de reformas que ainda teriam sido cumpridas.

Fonte Roma News

Nenhum comentário