Litro da gasolina no Pará continua entre os mais caros do país

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese), apresentou na manhã desta quarta-feira, 9, um balanço sobre o preço da gasolina no Estado do Pará. Segundo o estudo, o repasse da gasolina na região continua entre os mais caros, ocupando o oitavo lugar no índice nacional.

As análises feitas pelo departamento, no mês passado (setembro), mostram que o preço médio do litro da gasolina no Estado do Pará foi comercializado em média a R$ 4,516 com o menor preço custando R$ 3,920 e o maior R$ 5,450. Ainda segundo os dados, o Pará encerrou o mês de setembro, em média com a segunda gasolina mais cara entre os Estados da Região Norte.

O Estudo do Dieese com base em dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), também analisou o preço do litro da gasolina comercializada em postos de combustíveis na capital paraense e nos demais municípios do Estado do Pará.

Entre os municípios paraenses, Parauapebas foi o município que em média comercializou o litro da gasolina mais caro, custando R$ 5,099 (com o menor preço a R$ 5,070 e o maior a R$ 5,180), seguido por Altamira com o preço médio de R$ 5,036 (com o menor preço a R$ 4,850 e o maior a R$ 5,150); Abaetetuba com o preço médio de R$ 5,018 (com o menor preço a R$ 4,690 e o maior a R$ 5,450).

Fonte: Dieese PA

Nenhum comentário