Polícia Civil realiza operações em combate a organizações criminosas no oeste do PA

Polícia Civil realizou duas operações para combater organizações criminosas no oeste do estado. O objetivo é combater organizações e facções que atuam no estado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Foram dois dias de ação intensiva em Santarém, oeste do Pará. 23 pessoas foram presas.

As operações foram definidas depois que investigações da delegacia de polícia em Santarém e do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil em Belém apontavam o envolvimento de várias pessoas em organizações criminosas. 38 policiais participaram das operações. Também foram apreendidos R$ 20 mil, entorpecentes, armas de fogo e veículos usados para praticar os crimes.

O Superintendente da Polícia Civil do Baixo Amazonas, delegado Jamil Casseb, explicou que as duas operações foram realizadas em conjunto e considerou positivo o resultado, com a instauração de novos inquéritos e monitoramento de facções.

“Nós tivemos duas operações, a 'Recidiva' e a 'Tipiti'. A recidiva está intensificando cada vez mais o combate ao tráfico de drogas e as organizações e facões criminosas, e a operação 'Tipiti é desencadeada a nível estadual, com o objetivo de dar cumprimento a vários mandados de prisão que estão em abertos pelo mais diversos crimes como assaltos, tráfico, homicídios e foragidos do sistema penal”, disse.

Por conta das investigações, os presos ainda serão mantidos na penitenciária de Santarém, mas depois que as operações forem concluídas devem ser transferidos para unidades federais. As investigações de combate as organizações criminosas continuam.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário