Lula deixa sede da Polícia Federal em Curitiba após 580 dias preso

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva acaba de deixar a sede da Polícia Federal, em Curitiba. Lula foi condenado em duas instancias no caso do tríplex e ficou um ano e sete meses preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Durante esse período, o ex-presidente ocupou uma sala especial – garantia prevista em lei – de 15 metros quadrados no 4º andar do prédio da PF. O local tem cama, mesa e banheiro de uso pessoal. Além disso, Lula foi autorizado pela Justiça a ter uma esteira ergométrica na sala.

O pedido de liberdade feito pela de Lula foi acatado pela Justiça depois da mudança de entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão após condenação em segunda instância. Com isso, o ex-presidente terá direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.

Na decisão pela soltura, o juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, ressaltou que, a partir da decisão do STF, "firmou-se novo entendimento, no sentido de que a execução penal provisória, antes de findadas as oportunidades para recurso, somente é cabível quando houver sido decretada a prisão preventiva do sentenciado, nos moldes do artigo 312 do Código Processo Penal".

Fonte Roma News 

Nenhum comentário