Header Ads

Serviços de esgotamento sanitário na Avenida Tapajós são retomados após o Círio

Após o Círio, Prefeitura retoma serviços de esgotamento sanitário na Avenida Tapajós. Foto-Dayse Lima-Seminfra

A Avenida Tapajós voltou a ser interditada na manhã desta segunda-feira (25), para a continuação das obras de esgotamento sanitário. O trecho interditado compreende o início da Praça Tiradentes até a Travessa Assis de Vasconcelos, onde a empresa Carmona Cabrera, responsável pelos serviços, está trabalhando na implantação do coletor-tronco.

A Avenida Tapajós foi liberada na última semana para a passagem do Círio de Nossa Senhora da Conceição, seguindo determinação da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), para não prejudicar a procissão dos devotos da padroeira dos santarenos. Para dar prosseguimento aos serviços, a interdição faz-se necessária para a implantação de tubulações e das ligações ao sistema de esgotamento sanitário.
O serviço é executado com recursos do PAC 2 e coordenado pela Prefeitura, através da Seminfra. O projeto em sua totalidade conta com construção do coletor-tronco, ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), construção da Estação Elevatória de Esgoto (EEE), construção da Linha de recalque por gravidade, ligações de rede de esgoto e 225 metros de orla, incluindo drenagem e urbanização. O projeto beneficia, inicialmente, cinco bairros: Aldeia, Santa Clara, Aparecida, Santíssimo e Centro.

De acordo com o assessor técnico de engenharia da Seminfra, Cledimar Augusto da Silva, o reinício da obra visa concluir um trecho de 60 metros do coletor-tronco na Assis de Vasconcelos. O coletor-tronco consiste na implantação de tubulação de grande porte que vai transportar a água do esgoto das casas até a ETE, localizada no bairro Mapiri.

Com a conclusão do serviço, a Prefeitura deve iniciar a terraplenagem e o asfaltamento tanto da Avenida Tapajós quanto da Travessa Assis de Vasconcelos de uma só vez. Segundo ele, a previsão é que os serviços estejam concluídos no prazo de 60 dias.
Quanto às ligações de esgotamento que ainda precisam ser feitas no centro comercial da cidade, ainda por conta do projeto, o secretário municipal de Infraestrutura, Daniel Simões informou que só serão realizados após as festas de fim de ano.

"Após reunião com os representantes da Associação Comercial e Sindicato Lojista, a gestão municipal entendeu que o período é muito importante para o fomento da economia. Então, ficou acertado que os serviços na Lameira Bittencourt só serão feitos após as festas de final de ano, para não prejudicar as vendas no comércio local".

Outro ponto da obra de esgotamento sanitário que deve ser feito somente no mês de janeiro de 2020, será a implantação de galeria na Travessa Padre João, esquina com a Avenida Tapajós.

Blogdocarpê com informações Ascom 

Nenhum comentário