Header Ads




Metade da bancada paraense na Câmara Federal vota contra redução do valor do Fundo Eleitoral

Cinco deputados paraenses não compareceram para votar o orçamento do país para 2020
O Congresso Nacional aprovou O projeto de lei orçamentária de 2020 (PLN 22/19) e manteve no texto do relator, deputado Domingos Neto (PSD-CE), o valor de R$ 2 bilhões para o Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC).

A bancada do Partido Novo apresentou emenda, propondo reduzir o fundo eleitoral para R$ 1,3 bilhão, que foi apreciada como destaque e rejeitada por maioria de votos. Foram 242 votos contra a emenda e 167 favoráveis.

Dos 17 parlamentares da bancada federal do Pará na Câmara de Deputados, apenas 12 compareceram para aprovar a lei orçamentária do país.

Airton Faleiro (PT), Cristiano Vale (PL), José Priante (MDB), Nilson Pinto (PSDB), Olival Marques (DEM) e Vavá Martins (Republicanos) votaram para manter o valor maior para o fundo eleitoral, enquanto os outros deputados paraenses presentes à sessão votaram para reduzir.

Não compareceram para votar os destaques do orçamento do governo federal para o próximo ano, cinco deputados: Elcione Barbalho (MDB); Celso Sabino (PSDB); Beto Faro (PT); Cássio Andrade (PSB) e Hélio Leite (DEM).

Para 2020, as receitas totais do orçamento brasileiro são estimadas em R$ 3,6 trilhões. As despesas fixadas somam R$ 2,7 trilhões. Está prevista ainda que a inflação oficial medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), estimada em 3,5% em 2020.

O projeto aprovado agora segue para análise e sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Votos da bancada do Pará:


Roma News 

Nenhum comentário