Header Ads




No Pará 1,3 mil pessoas morreram nas estradas federais e estaduais ano passado

Desde a semana passada, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou a operação de fiscalização das rodovias federais em todo o País, para tentar reduzir as mais de cinco mil mortes ocorridas ano passado. Só no Pará foram 143 mortes, que somadas aos 1.202 mortos nas estradas estaduais fora de Belém totalizaram 1.345 vítimas fatais nos acidentes. Lançada no último dia 20, a Operação Rodovida deve ser intensificada neste final de semana, quando aumenta o movimento de viagens para a virada do ano.

No Pará a Operação vai fiscalizar, principalmente, as ultrapassagens irregulares, a mistura de álcool e direção, falta de uso do cinto de segurança e da cadeirinha, além do trânsito irregular de motocicletas.

Embora os dados de acidentes no Pará não estejam atualizados pelo Departamento de Trânsito do Pará (Detran) com as ocorrências de 2019, que vão até abril deste ano e somavam 375 vítimas fatais fora de Belém até então, o objetivo das fiscalizações integradas é reduzir as ocorrências, muitas vezes causadas por imprudência, falta de atenção e ainda o consumo de álcool.

Para minimizar os riscos, a PRF tem passado nas abordagens recomendações aos motoristas de algumas condutas que podem tornar a viagem mais segura, entre as quais a revisão do veículo a ser utilizado nas viagens e a atenção redobrada nas estradas.

Entre as situações de maior perigo apontadas pela PRF estão a condução de motocicletas e o consumo de álcool. Das 4.340 mortes registradas pela PRF ano passado em todo o Brasil, 3.752 foram de vítimas de acidentes com motocicletas e, de janeiro a outubro deste ano, das 1.100 mortes, 265 foram em acidentes envolvendo motoristas alcoolizados.

Orientações da PRF para uma viagem segura:

– Revisão do Veículo – antes de viajar verifique as condições físicas do seu veículo, principalmente pneus , palhetas dos limpadores de parabrisa e itens de iluminação e sinalização;

– Planeje a Viagem – lembre-se de programar a duração da viagem, incluindo as paradas para alimentação, descanso e abastecimento;

– Mantenha a atenção à Rodovia – respeite a sinalização e os limites de velocidade;

– Mantenha Faróis Baixos Acesos – para que seu veiculo fique mais visível aos demais condutores;

– Não ligue o pisca-alerta com o veículo em movimento: isso pode confundir os outros motoristas e causar um acidente;

– Mantenha uma distância de segurança do veículo à frente;

– Em caso de chuva, redobre os cuidados e reduza a velocidade.

Dados estaduais até abril deste ano

Em Belém / 2018

Número de acidentes que geraram vítimas fatais

Que geraram vítimas não fatais - 3.420

Que geraram vítimas fatais – 111

Belém / 2019 - Até o mês de abril

Que geraram vítimas não fatais - 1.203

Que geraram vítimas fatais – 22

No Pará / 2018

Que geraram vítimas não fatais - 19.215

Que geraram vítimas fatais - 1.313

Pará / 2019 - Até o mês de abril

Que geraram vítimas não fatais - 6.350

Que geraram vítimas fatais - 397

Fonte: Detran-PA

Nenhum comentário