Header Ads




Calendário: veja como ficará corrida eleitoral para eleições 2020

As etapas do processo eleitoral estão descritas no cronograma previsto na Resolução TSE nº 23.606/2019, que estabelece mês a mês, as datas do calendário eleitoral. TSE
Em 2020, o Brasil terá eleições municipais com escolha de prefeitos e vereadores. Com aprovação e publicação das resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que normatizarão o pleito, teve início a corrida eleitoral. As etapas do processo eleitoral estão descritas no cronograma previsto na Resolução TSE nº 23.606/2019, que estabelece mês a mês, as datas do calendário eleitoral.

A janela eleitoral, período em que os vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição ( majoritária ou proporcional) sem incorrer em infidelidade partidária ficou fixada de 5 de março a 3 de abril.

No dia 15 de maio inicia a arrecadação facultativa de doações por pré-candidatos aos cargos de prefeito e vereador, por meio da plataforma de financiamentos coletivos credenciadas na Justiça Eleitoral. Pré-candidatos que apresentem programas de rádio ou televisão ficam proibidos de fazê-lo a partir do dia 30 de junho.

As convenções partidárias para escolha dos candidatos deverão ser realizadas de 20 de julho a 5 de agosto.

Nenhum comentário