Header Ads




Greve dos servidores do Detran chega ao seu décimo dia sem respostas do governo

Os servidores em greve do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) continuam em estado de Greve que chega ao seu décimo dia nesta quarta-feira, 29. Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores de Trânsito do Estado do Pará (Sindtran), Denis Sampaio, os servidores ainda não receberam nenhuma posição do governo e a greve permanece por tempo indeterminado.

Na manhã da última sexta-feira, 24, os Servidores do Detran realizaram uma carreata que partiu da Sede administrativa, na avenida Augusto Montenegro, com destino a Casa Civil do Governo do Estado do Pará. Os grevistas ocuparam grande extensão da avenida Doutor Freitas, onde estacionaram seus veículos e realizaram um Ato Público em frente ao Portão de acesso a Casa Civil.

"Vamos tentar uma negociação com o Governo, já que o diretor-geral do Detran-PA (Marcelo Guedes) tem recorrentemente se negado a receber o sindicato. Ele chegou a ensaiar dois agendamentos (de audiências) que foram desmarcados no mesmo dia. O nosso objetivo é buscar uma interlocução mais séria, que seria com a Casa Civil do Governador", afirma Denis Sampaio.

A greve começou no dia 20 de janeiro. Os manifestantes vão tentar uma nova reunião com representantes da casa civil nesta sexta-feira, 29, em uma carreata que sai da sede do Detran até a Casa Civil, na Almirante Barroso.

Os principais itens da pauta de reivindicação são:

1. Reposição inflacionária de 4,31% referente à data base de abril/2019 (conforme determina o art. 117 da Lei n.° 5.810 de 24 de janeiro de 1994 - Regime Jurídico Único);

2. Reajuste da Gratificação de Trânsito dos Servidores do Detran, mediante reposição inflacionária referente à data base de abril/2019 no índice de 4,31% (conforme o art. 29 da Lei n.° 7.594 de 28 de dezembro de 2011);

3. Revogação da portaria de terceirização do serviço de vistoria veicular;

4. Revisão do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos servidores do Detran e avaliação periódica de desempenho dos trabalhadores de trânsito da autarquia;

5. Concurso público regionalizado para preencher 830 cargos vagos existentes no Detran;

6. Apresentação de plano de investimento e sua execução, em 2020, para a recuperação e padronização da infraestrutura pública sucateada e padronizada nas Ciretrans, na Sede, nos Postos Avançados e Parques de Retenção de Veículos; e

7. Nomeação dos 34 candidatos classificados no concurso C-177 (Agentes de Educação para o Trânsito).

Fonte Roma News 

Nenhum comentário