Header Ads




Prefeitura e Sicredi discutem a implantação de agência em Alter do Chão

 Governo e Sicredi: conversas para implantação de agência em Alter do Chão. Foto-Ascom SemturHá tratativas em curso para que a Vila Balneária de Alter do Chão possa ganhar mais uma agência bancária, no sentido de atender a grande demanda de turistas e da população local. Por esse motivo, uma reunião - entre o prefeito, Nélio Aguiar, o secretário municipal de turismo, Diego Pinho, o gerente regional de Desenvolvimento do Sicred, Irineu Grigoletto, e o gerente local da Cooperativa, Marcos Torres de Souza - foi realizada nessa quinta-feira (30) para discutir o assunto.

As negociações iniciaram no início de 2019, quando foi realizado um estudo, que apontou a viabilidade. De acordo com Nélio Aguiar, a implantação vai beneficiar moradores de Alter do Chão e a atividade turística no local.

O gerente regional de desenvolvimento do Sicredi, Irineu Grigoletto, em visita a Alter do Chão, realizada no dia 30/12, comentou a proposta que prevê maquinas à custo zero, isenção de tarifas para comunitários e a implantação de projetos para melhorar a qualidade de vida dos moradores.

"Quando o Sicred se instala em qualquer localidade, o principal objetivo é melhorar a qualidade de vida das pessoas e da comunidade. Então, com certeza, a comunidade vai ganhar muito. São várias ações que a instalação de uma agencia física proporciona em uma localidade como Alter do Chão", observou Grigoletto.

O prefeito Nélio Aguiar avaliou que a proposta vai alavancar o turismo e a economia local. "Vamos ter uma redução no custo de maquinetas, taxas e vamos levar internet de qualidade para incentivar os empreendedores que ainda não aceitam cartões de crédito ou débito. Ao oferecermos essa opção ao turista, vamos criar oportunidades de negócio dentro da Vila. Além disso, nós estamos negociando a implantação de projetos de inclusão digital, desenvolvimento social e sustentável em Alter do Chão como a colocação de bicicletas compartilhadas".

O gestor afirmou que a medida deve contribuir para a segurança de moradores e turistas. "Hoje, por uma questão de segurança, pouca gente viaja levando uma grande quantidade de dinheiro em espécie. As pessoas utilizam mais o cartão para crédito ou débito. Porque evita assaltos. Quanto menos dinheiro na mão das pessoas, mais segurança".

Na próxima quinta-feira (6) será realizada uma reunião no barracão comunitário de Alter do Chão para definir os ajustes da implantação com a participação de comunitários e empresários da Vila.

"Essa é uma demanda antiga da comunidade. Por isso, desde 2019, o prefeito está buscando soluções para essa problemática junto às lideranças comunitárias, com auxílio da instituição financeira. Então, na próxima sexta-feira, a Prefeitura vai reunir com a comunidade e apresentar o projeto, junto com o Sicred. A participação dos moradores é muito importante nesse processo", comentou o secretário de Turismo, Diego Pinho.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário