Header Ads




Movimento de atingidos por barragens ocupam prefeitura de Altamira no Pará

Cerca de 200 moradores de uma comunidade que se diz prejudicada pelas obras da Hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira, no sul do Pará, ocuparam na manhã desta quarta-feira, 12, o prédio da prefeitura.

A ocupação ocorreu depois que, segundo integrantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), o prefeito Domingos Juvenil (MDB) decidiu abandonar a reunião com o grupo, que havia sido marcada por ele mesmo.

Os moradores da comunidade Independente I tentam ser reconhecidos como atingidos pela Hidrelétrica de Belo Monte. Eles vivem na região da Lagoa do Independente I, de onde 600 famílias já foram removidas e tiveram direito à indenização e reassentamento.

Segundo o MAB, a Norte Energia, responsável pela usina, se recusa a retirar também essas famílias, que estão convivendo com alagamentos constantes, esgoto voltando para dentro de casa e doenças causadas pela situação de insalubridade em que ficou a lagoa após a retirada das famílias que viviam nas palafitas.

Ainda segundo o MAB, a prefeitura deveria ter feito a revitalização do local, mas nenhuma obra foi feita até o momento.

Fonte: Voz do Xingu

Nenhum comentário