Header Ads




Operação investiga exercício ilegal da medicina em Altamira

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em estabelecimentos comerciais
Mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta quinta-feira, 6, em Altamira, no Sudoeste do Estado. A operação "Blind Spot", realizada pelas promotorias de Justiça de Altamira, investiga crimes de exercício ilegal da medicina, curandeirismo e publicidade induzindo o consumidor a práticas perigosas para a saúde, que estariam sendo praticados na cidade.

Segundo o coordenador da operação, promotor de Justiça Mauro Messias, oito membros do Ministério Público participaram da operação, cumprindo ordem judicial de busca e apreensão em estabelecimentos comerciais do município durante a manhã de hoje. Eles contaram com o apoio de servidores do órgão e de 16 policiais, entre militares e rodoviários federais, que prestaram apoio às diligências.

Durante os trabalhos foram recolhidos computadores, celulares, receituários, anúncios, notas fiscais e dados cadastrais. O nome dos alvos e os detalhes sobre o caso não foram revelados, devido à decretação de sigilo das investigações.

Nenhum comentário