Header Ads




Senado absolve Trump em processo de impeachment

O Senado americano absolveu nesta quarta-feira, 5, o presidente Donald Trump das acusações de abuso de poder e obstrução de Justiça, encerrando assim a principal acusação do julgamento de impeachment.

Na acusação de abuso de poder, o placar final foi de 52 votos pela inocência e de 48 pela culpa. A votação seguiu quase inteiramente linhas partidárias, com uma única exceção — o republicano Mitt Romney desertou e votou a favor da destituição de Trump.

Eram necessários 67 votos, uma maioria de dois terços, para o presidente ser removido do cargo.

A deserção de Romney foi a primeira em um caso de impeachment do partido no poder até hoje. Da mesma maneira, nunca antes o partido opositor — no caso, o democrata — tinha votado unanimamente a favor da destituição.

Na segunda votação, na acusação de obstrução de Justiça, Romney votou junto de seu partido, enquanto os democratas permaneceram unidos, o que fez com que o placar fosse de 53 a 47.

O Senado controlado pelos republicanos realizou o seu voto histórico — apenas o terceiro na História dos EUA — às 18h. A Câmara dos Deputados, liderada pelos democratas, havia aprovado as acusações em 18 de dezembro.

Fonte Roma News 

Nenhum comentário