Header Ads




Mais de 500 denúncias contra estabelecimentos foram realizadas só neste último fim de semana

A maioria estava descumprido o decreto do governo estadual
O Centro Integrado de Operações (Ciop), recebeu neste final de semana mais de 500 denúncias contra estabelecimentos que que estariam funcionando normalmente, e descumprindo assim o decreto do governo estadual.

Os registros foram averiguados pelas forças de segurança, polícias Militar e Civil. Todos os estabelecimentos foram fechados. "No âmbito da segurança pública estamos fazendo cumprir o decreto do governador, especialmente neste final de semana foram fechados, principalmente, estabelecimentos como bares, restaurantes e casas de shows que estavam funcionando com a participação da população. Os locais foram fechados e as denúncias foram atendidas", informou o secretário de Segurança Pública, Ualame Machado.

Estão sendo fiscalizados também as vias de acesso tanto rodoviária quanto fluvial, impedindo a circulação e o transporte de pessoas à capital paraense, conforme determina o decreto.

"Estamos também fiscalizando a entrada e saída do território paraense, para evitar a entrada de ônibus e de passageiros, especialmente os que vêm de ônibus e barcos. Os carros particulares estão transitando normalmente. Essas medidas são importantes para restringir a circulação de pessoas e aglomeração, pois neste momento é muito importante que as pessoas cumpram as recomendações do governo estadual para que possamos conter a proliferação do vírus. Para isso precisamos atuar junto à população, orientando e conscientizando", ressaltou o secretário.

O estado está tomando diversas medidas para fortalecer e garantir a segurança da paraense no cumprimento do decreto e na conscientização da população, em combate ao novo Coronavírus.

Grupamento Fluvial

Agentes do Grupamento Fluvial de Segurança Pública (Gflu), realizam rondas em ilhas próximas à capital paraense, a fim de coibir aglomeração. As rondas ocorrerão diariamente, sendo reforçadas de segunda a sexta-feira, por equipes da Delegacia Fluvial.

Polícia Militar

Rondas nos principais corredores onde há a concentração de bares, casas de shows, boates e similares e atendimentos do CIOp.

Preço abusivo

O consumidor que se deparar com valor abusivo na venda de álcool em gel 70%, máscaras e demais produtos necessários à prevenção, além do número (91) 99230-0151, também pode enviar denúncias pelos canais 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, e pelo 151, do Procon Pará.

Polícia Civil

Portaria 117/2020, publicada na última sexta-feira, 20, no boletim interno da instituição, que considera o disposto no artigo 14 do Decreto Estadual n° 609/2020, determina a fiscalização diária nos locais por policiais da Diretoria de Polícia Administrativa (DPA), com apoio da Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (Demapa), Delegacia do Consumidor (Decon), Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM) e Diretoria de Polícia do Interior (DPI).

Limitação

Os atendimentos presenciais em todas as delegacias do Estado e demais unidades operacionais e administrativas da Polícia Civil foram limitadas. Ou seja, estão suspensos os atendimentos presenciais nas delegacias, exceto para casos flagranciais ou conduzidos nos casos de homicídio, latrocínio e remoção de cadáver; lesão corporal; violência doméstica e contra crianças e adolescentes; crimes contra a dignidade sexual, entre os quais o estupro; sequestro e cárcere privado; roubos em geral (subtração cometida com violência ou grave ameaça) e casos que possam ocorrer o aparecimento da prova, mediante prévia análise do delegado de polícia.

Operação Patrulha

Viaturas do Departamento de Trânsito do Pará estão percorrendo várias ruas com um alerta sonoro, orientando a população a ficar em casa, a fim de diminuir o risco de contaminação. A ação prioriza pontos onde há concentração de pessoas e veículos, levando orientações de enfrentamento à pandemia.

"População paraense, a luta é de todos nós. Precisamos que voltem às suas casas. A sua participação é fundamental. Estaremos nas ruas garantido a segurança de vocês", diz um trecho da mensagem sonora emitida pelas viaturas que circulam por ruas da Região Metropolitana de Belém, finalizou Ualame Machado.

Fonte Roma News 

Nenhum comentário