Header Ads




Ponte vai interligar Parauá à Mangal e melhorar a mobilidade aos moradores do Tapajós

Ponte esá em fase de construção da superestrutura. Foto: Agência Santarém. 

Com uma estrutura de 130 metros de comprimento por quatro de largura, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap), está construindo a ponte de madeira que interliga Parauá a comunidade de Mangal, localizada na Resex Tapajós Arapiuns. A obra é uma reivindicação antiga dos moradores e beneficiará centenas de pessoas e comunidades vizinhas.

Nesta quinta-feira (12), o secretário de Agricultura e Pesca, Bruno Costa, representando o prefeito de Santarém Nélio Aguiar, vistoriou o andamento dos serviços que no momento encontram-se na realização da construção da parte de superestrutura.
O empreendimento vai custar ao município R$ 231.191,64, recurso do Tesouro Municipal.

A antiga ponte estava totalmente deteriorada e implicava risco de acidente. Com a nova, todos, principalmente, alunos poderão transitar com segurança. A obra vai resolver um problema antigo que passou por diversos governos sem solução.
De acordo com o titular da Semap, a chegada desta obra representa o fim de uma luta que durava décadas. "Queremos enaltecer a dedicação do nosso prefeito que muito sensível a realidade busca resolver os problemas de infraestrutura rural. Essa ponte não vai atender somente o entorno de Parauá. Serão atendidas mais de duas mil pessoas e grande parte das comunidades da Resex Tapajós Arapiuns", destacou Costa.

O gestor da Escola Frei Marcos, professor Marcos Araújo Alcântara, comentou que a ponte representa o sonho concreto dos alunos e das comunidades próximas.

"Esta é uma política pública que cobrávamos há décadas. Nenhum prefeito anterior nos atendeu. Ficamos gratos pela atual gestão. Essa obra representa muito para os alunos, pois precisam se locomover para poder chegar à escola", relatou o professor. 
Estiveram presentes na vistoria, os vereadores Júnior Tapajós e Dayan Serique, além do representante da empresa Inducon Eirele, Jorge Hamad, técnicos e lideranças.

Parauá/Mangal

Parauá e Mangal ficam localizadas dentro da Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns, Unidade de Conservação com mais de 690 mil hectares de terra. No território existem 75 comunidades, 26 aldeias indígenas e 4.164 famílias totalizando uma população de 15 mil pessoas.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário