Header Ads




Bebê internado com Covid-19 em Parintins é curado e recebe alta

Parintins - Terceira pessoa positivada com o coronavírus (Covid-19) em Parintins, uma criança de 1 ano e quatro meses, do sexo masculino, é o primeiro paciente do município curado do vírus. A confirmação ocorreu na noite do último sábado, 04 de abril, após realização de exames. Em todo o Amazonas há 311 casos confirmados da doença e 13 mortos, conforme divulgou o Governo do Amazonas na manhã deste domingo (5).

Após a confirmação do contágio, a criança foi internada e isolada no Hospital Jofre Cohen, referência no tratamento de síndromes gripais e casos suspeitos de COVID-19. A internação ocorreu no dia 25 de março. Neste domingo, 05 de abril, o paciente recebeu alta.

O médico Paulo Roberto Pires, diretor clínico do hospital, explica que o menor chegou à unidade com quadro de pneumonia causado pelo coronavírus. Segundo Paulo Roberto, após o período de isolamento, a criança apresenta quadro clínico satisfatório por não apresentar mais nenhum sintoma do COVID.

“Essa criança fez o tratamento somente com os antibióticos que tinham sido prescritos pela pediatra. Foi alimentada e cuidada. Ela ficou isolada e acompanhada somente da mãe e assistida pela pediatra que fazia visitas frequentes, dentro de toda a paramentação de segurança exigida no caso”, explica.




Para o prefeito de Parintins, Bi Garcia, a cura do paciente é uma grande vitória para o município. Garcia salienta que, desde que teve conhecimento do caso, mobilizou a Secretaria de Saúde para acompanhar e auxiliar no tratamento da criança contra o coronavírus.

“Determinei que a Secretaria de Saúde mantivesse a criança em isolamento durante o tratamento, direcionando toda a estrutura necessária para que obtivéssemos a sua cura. É uma grande vitória para todos nós. Isso é fruto do trabalho de centenas de profissionais da saúde que estão engajados 24 horas por dia no enfrentamento desse vírus”, enaltece o prefeito.

Após receber alta médica, o menor curado do COVID-19 ficará em quarentena domiciliar. O distanciamento social obedece normas médicas para a preservação da integridade do seu sistema imunológico.

*Com informações da assessoria

Nenhum comentário