Header Ads




Bombeiro é acusado de se passar por dentista e estuprar paciente de 15 anos em Santarém

A Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), investiga um caso de estupro em Santarém. A vítima é um adolescente de 15, e o acusado é um bombeiro militar que exercia ilegalmente a profissão de dentista.

De acordo com a polícia local, o militar estava fazendo atendendo como odontólogo, mas não tem formação na área e nem um tipo de liberação para atuar na profissão. Durante um atendimento, ele teria abusado do paciente, um menor de idade.

Ainda segundo a polícia o bombeiro já prestou depoimento e negou os crimes. Os detalhes da investigação seguem em sigilo.

O militar também está sendo investigado no 4º Grupamento de Bombeiros Militar (4ºGBM). Caso haja a confirmação das acusações, ele passará por um conselho de disciplina e pode até ser expulso da corporação.

Por Roma News 

Nenhum comentário