Header Ads




Estado do Pará cai para 8º lugar no ranking brasileiro de isolamento social

Segundo as organizações de Saúde, o ideal era obter um índice de 70% de isolamento social
A Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), informou neste sábado, 18, que o índice de isolamento social no Estado do Pará caiu para 52,02%. De acordo com esses dados, o Pará ficou em 8º lugar no ranking brasileiro entre os estados que mais estão adotando a medida para combater o novo coronavírus.

Na sexta-feira, 17, o estado se figurou na 3ª posição, no entanto teve uma quada de cinco posições neste sábado. Segundo as organizações de Saúde, o ideal era obter um índice de 70% de isolamento social. No entanto, os números não foram o esperado.

“A gente imagina que a população está cada vez mais consciente dessa necessidade de isolamento, em que pese termos caído de 3º para 8º lugar da sexta para o sábado, o nosso isolamento social continua acima de 50%, porém sabendo que o ideal é 70%, recomendado pelos órgãos de saúde. A gente pode e deve chegar a esse patamar. Contamos que no período do feriado as pessoas possam ficar em casa com suas famílias, para que possamos melhorar cada vez mais”, avaliou o titular da Segup, Ualame Machado.

Os órgãos do Sistema de Segurança Pública atuam, neste final de semana, até 22 de abril, em razão do decreto do feriado prolongado de Tiradentes, nas barreiras de entrada e saída de veículos, fiscalizando e impedindo o tráfego intermunicipal de carros com fins recreativos. A ação ocorre em cumprimento ao decreto estadual que determina o isolamento social.

Municípios

De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os melhores índices de isolamento, ou seja, onde as pessoas passaram mais tempo em casa respeitando a quarentena, estão nos municípios de Tracuateua (74,0%); Santa Cruz do Arari (72,5%); Chaves (69,3%); Magalhães Barata (66,4%) e Bujaru (65,8%). Já os municípios que tiveram o pior índice de isolamento, ou seja, aqueles onde a população menos permaneceu em casa, estão: Goianésia do Pará (33,7%); Rondon do Pará (40,1%); Rio Maria (40,5%); Santana do Araguaia (41,4%) e Novo Progresso (42,2%).

Descentralização

Os municípios de Marabá, Santarém e Breves irão abrigar Hospitais de Campanha para receber pacientes contaminados pela Covid-19. Nessas cidades, a taxa de isolamento esteve em 46,7%, 45,3% e 53,2%, respectivamente.

Na capital paraense, incluindo os distritos, os bairros onde as pessoas mais estiveram dentro de casa no sábado (18) foram: Coqueiro (82,8%); Castanheira (70,6%) e Val de Cães (68,5%). Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Curuçambá (82,3%); Atalaia (73,1%) Jaderlândia (69,8%).

Já os bairros que não obedecem a medida de isolamento são: Icuí-Laranjeira 45,5%, Geraldo Palmeira 40,7%Águas Negras 37,7%, Pratinha 35,1%, Aeroporto 37%, Brasília 37%.

Fonte: Agência Pará

Nenhum comentário