Header Ads




Mês de abril não terá afrouxamento das medidas de combate à Covid-19

Em Santarém, neste mês de abril, não será tomada nenhuma medida de afrouxamento em relação às principais ações de combate ao avanço da Covid-19. Foi o que decidiu o Comitê de Crise em reunião, por videoconferência, que avaliou as medidas que estão em andamento e analisou alguns pedidos de afrouxamento dessas decisões.

Um dos pedidos apreciados diz respeito à ampliação do horário do comércio, solicitação feita ao prefeito Nélio Aguiar pela Associação Comercial e Empresarial de Santarém (Aces). O Comitê de Crise foi contrário ao pedido. Dessa forma, o horário permanecerá o mesmo: das 9h às 15h.

“Mês de abril é considerado o mais perigoso por todas as instituições, organizações e especialistas em Covid-19. Portanto, é o mês mais importante de combate ao novo coronavírus. Não estamos numa condição crítica e de colapso, mas, essa situação, deve-se ao fato de termos antecipado as medidas de prevenção. O Comitê avalia que afrouxar agora é prejudicar todo esse trabalho já realizado”, explica o prefeito Nélio Aguiar.

Outros pedidos de afrouxamento também solicitados dizem respeito à prorrogação do horário do início do toque de recolher para às 22h30, liberação de academias e de restaurantes. Todos foram indeferidos pelo Comitê.

“Vamos obedecer as medidas de isolamento social, do uso de máscaras e avaliar o resultado para as tomadas das próximas decisões. Também estamos assinando hoje, novo decreto com novas medidas e aperfeiçoamento e prorrogação de outras”, finalizou Nélio Aguiar.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário