Header Ads




Número de mortes por Covid-19 em Manaus pode ser até sete vezes maior

A quantidade de mortes por síndromes respiratórias e causas indeterminadas registradas durante a pandemia do novo coronavírus no Amazonas aponta que o número de pessoas que morreu por Covid-19 pode ser sete vezes maior do que o divulgado oficialmente.

Entre os dias 21 e 28 de abril, o governo divulgou que ocorreram 118 óbitos em decorrência do novo coronavírus em Manaus, sendo que, neste mesmo período, 262 pessoas foram enterradas por causa indeterminada nos cemitérios públicos da capital.

Segundo a Prefeitura, dos 988 sepultamentos nos últimos sete dias, apenas 77 foram de casos confirmados de Covid-19. Além disso, 395 foram registrados por suspeita de Covid-19 ou síndromes respiratórias (como insuficiência respiratória e pneumonia), que podem ter sido provocadas pelo novo coronavírus.

Se todos as mortes, por causas indeterminadas e síndromes se confirmassem por Covid-19, o número de óbitos em Manaus poderia ultrapassar a casa dos 700 na semana analisada, uma vez que os números de sepultamentos em cemitérios particulares não entraram na análise. Pelo menos 266 mortes que ocorreram dentro de casa no mesmo período, de acordo com a Prefeitura, também entram na contagem.

Fonte: Globo.

Nenhum comentário