Header Ads




Prefeitura proíbe transporte de idosos entre Belterra e Santarém como medida contra a Covid-19

Prefeitura proíbe transporte de idosos entre Belterra e Santarém como medida contra a Covid-19 — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A prefeitura de Belterra, no oeste do Pará, acrescentou às medidas de enfrentamento à Covid-19 a proibição de transporte de idosos entre o município e Santarém. A determinação é para transporte coletivo de passageiro.

O decreto Nº 46/2020 foi publicado no dia 16 de abril como complemento às determinações do Decreto Nº 40/2020 que dispõe sobre as medidas para evitar a propagação do novo coronavírus.

De acordo com a prefeitura, foi necessária a decisão por pessoas acima de 60 anos integrarem um dos principais grupos de risco da doença. A proibição é para o transporte intramunicipal (dentro do município) e também para trajetos intermunicipais (para outros municípios), com destino Santarém.

Fica proibido às empresas concessionárias de transporte coletivo de passageiros, o transporte de pessoas de qualquer idade que apresentem sintomas de gripe.

Órgãos do município farão ações educativas para orientar a população quanto as condutas que devem ser adotadas para evitar o contágio pela Covid-19.

Outras medidas de enfrentamento

No final de março, Belterra decretou situação de emergência em razão da pandemia do novo coronavírus. No dia 1º de abril, a prefeitura publicou o Decreto Nº 40/2020 que, entre outras medidas, suspendeu por tempo indeterminado as aulas na rede municipal e privada de educação.

O governo municipal fez barreira de restrição ao trânsito de pessoas na estrada que liga Alter do Chão, em Santarém, à comunidade Pindobal em Belterra, bem como na Rodovia 433 no cruzamento com a Estrada 4. O acesso é permitido apenas a moradores e trabalhadores.

Para garantir a proteção da polução, ficou proibida também a circulação de pessoas não autorizadas, inclusive de catadores de materiais recicláveis, no depósito de lixo municipal.

Pessoas recém-chegadas à Belterra são monitoradas pelas equipes de saúde. O monitoramento também é válido a pessoas que estão apenas de passagem pelo município.

Ficaram mantidas as medidas para horário de funcionamento normal ao comércio local, com exceção de bares, restaurantes, lanchonetes e similares, que ficam autorizados a somente atender de forma a domicílio ou retirada no local.

Para o transporte coletivo, a prefeitura recomendou às empresas que fizessem o transporte intermunicipal apenas de moradores de Belterra ou que exerçam trabalho laboral no município, admitindo paradas intermediárias para embarque e desembarque de passageiros, somente na base territorial da cidade.

As empresas também devem disponibilizar máscaras e álcool em gel aos passageiros que apresentarem sintomas gripais. Ao serviço de mototáxi é recomendado que não seja feita a utilização de capacete, de uso compartilhado, por parte do passageiro.

Fonte G1#Santarém

Nenhum comentário