Header Ads




Secretário de Vigilância em Saúde pede demissão de ministério

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, pediu demissão na manhã hoje. A informação foi confirmada pela própria pasta.

A saída de Wanderson ocorre em meio à pandemia de coronavírus. Ele vinha sendo uma das autoridades do ministério que mais participavam de entrevistas e ações da pasta sobre o enfrentamento ao vírus.

Wanderson, assim como o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, é defensor do isolamento social como estratégia de contenção do vírus. Exerceu o cargo de Secretário Nacional de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil (SVS/MS) (jan/2019 a atual) e atua como professor da Escola Fiocruz de Governo da Fundação Oswaldo Cruz em Brasília (2017 a atual) e é servidor público federal, enfermeiro epidemiologista, do Hospital das Forças Armadas do Ministério da Defesa (2009 a atual).

Possui experiência nacional e internacional em temas referentes à epidemiologia aplicada aos serviços de saúde, saúde pública, investigação de surtos, preparação, gestão da resposta às emergências em saúde pública, análise de situação de saúde, ciência de dados e gestão de sistemas de saúde.

Mais informações em instantes.

Nenhum comentário