Header Ads




Semsa vai acionar polícia para que pacientes com suspeita de Covid-19 cumpram isolamento

Polícia Civil em Santarém será acionada para fazer cumprir isolamento social por pacientes com casos suspeitos de Covid-19 — Foto: Bena Santana/94 FM

Para garantir que os 309 pacientes que estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, oeste do Pará, cumpram o isolamento social por suspeita de Covid-19, a Semsa vai informar à polícia nomes e endereços dos que não estão atendendo as ligações das equipes de saúde e nem dando retorno ao monitoramento.

“Nós estamos enviando ofício ao delegado Jamil Casseb, superintendente da Polícia Civil na região para que a partir de hoje (21), a polícia possa agir para fazer com que as pessoas que não estão levando a sério o monitoramento cumpram o isolamento social. A gente está tá tendo muitos problemas porque as pessoas não estão dando os telefones delas, outras dão, mas não atendem, não respondem mensagens, não dão retorno. Se o caso é suspeito de Covid-19, tem que fazer o isolamento”, disse a secretária municipal de Saúde, Dayane Lima.

Dayane explicou que todo paciente que vai à UPA 24H com quadro gripal é orientada a fazer isolamento por suspeita de Covid-19, porque Santarém tem transmissão comunitária.

Santarém tem 309 pacientes em monitoramento por terem apresentado quadro gripal. A Semsa listou os que têm uma ou mais doenças como diabetes, hipertensão, doença renal crônica, cardiopatias, entre outras, e os que têm mais de 60 anos, com uma ou mais comorbidades para que eles sejam submetidos à tomografia.

“A tomografia do paciente com Covid-19 dá resultado de vidro fosco. Ao sair o resultado com pulmão 30% comprometido, vamos fazer internação. Abaixo de 30%, o critério é de medicação e monitoramento mais preciso, e se não constatou vidro fosco será feito outro tratamento. A tomografia foi incluída como protocolo, porque não há teste rápido para todos. Primeiro faremos o exame dos pacientes com comorbidade e pacientes acima de 60 anos”, explicou Dayane.

Em relação aos testes rápidos, a secretária municipal de Saúde informou que 56 profissionais de saúde fizeram os testes em Santarém e cinco tiveram resultado positivo para Covid-19.

Fonte G1 

Nenhum comentário