Header Ads




Bolsonaro promete vetar reajuste para funcionários públicos

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 7, que vai vetar o trecho do projeto de ajuda aos estados que possibilita reajustar os salários de algumas categorias de servidores públicos.

O veto foi um pedido do ministro da Economia, Paulo Guedes, que recomendou que não haja reajustes para o funcionalismo público até dezembro de 2021, por causa das medidas de combate à pandemia do novo coronavírus.

Inicialmente, o projeto previa que a ajuda financeira da União a estados e municípios tinha, entre as contrapartidas, o congelamento nos salários dos servidores. Mas, durante a tramitação no Congresso, parlamentares incluíram no texto categorias que poderiam ter o reajuste. O projeto foi aprovado na quarta-feira, 6.

"O que nós decidimos? Eu sigo a cartilha de Paulo Guedes na economia. E não é de maneira cega, não. É de maneira consciente e com razão. E se ele acha que deve ser vetado, esse dispositivo, assim será feito. Nós devemos salvar a economia, porque economia é vida", disse Bolsonaro.

Para o ministro, a medida vai ajudar o país a atravessar a crise gerada pela pandemia do coronavírus. "Eu estou sugerindo ao presidente da República que vete, que permita que essa contribuição do funcionalismo público seja dada, para o bem de todos nós", afirmou Guedes.

Fonte: G1

Nenhum comentário