Header Ads




Centrais sindicais enviam documento ao governo do Pará exigindo medidas de segurança durante a pandemia

Nesta sexta-feira, 29, diversas centrais sindicais do Pará enviaram um documento ao governador do Estado, Helder Barbalho (MDB), solicitando um debate acerca das ações para garantir a saúde dos trabalhadores em meio à pandemia de covid-19.

As entidades defendem que o Pará não pode “seguir a mesma lógica” do governo federal, que quer a retomada imediata das atividades econômicas. No documento, eles pedem que sejam mantidas as medidas de isolamento social e criticam o fim do lockdown, que, segundo eles, vai “na contramão do necessário”.

Elas defendem ainda, entre outras coisas, a garantia e estabilidade nos empregos para todos os trabalhadores durante a pandemia e por mais 180 dias, a garantia de equipamentos de segurança para evitar o contágio pela doença, a manutenção da suspensão das aulas e atividades escolares presenciais e a esterilização de hospitais, bancos, presídios, unidades socioeducativas e demais locais de grande aglomeração.

Por Roma News 

Nenhum comentário