Header Ads




Diretor Geral da PF anunciou que vai investigar a compra de respiradores pelo Governo do Pará

Crédito: Agência Pará
O diretor Geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre de Souza, anunciou, neste domingo, 10, que a polícia vai investigar a aquisição de 152 respiradores e 1.580 bombas de infusão, comprados com defeito da China no valor de 50,4 milhões de reais pelo governador do Pará, Helder Barbalho (MDB).

Os equipamentos deveriam ser instalados em UITs de seis hospitais que tentam salvar vidas de pacientes com covid-19. Mas um defeito técnico impediu que esse maquinário fosse utilizado.

Segundo médicos, equipamento é apenas para treinamento; governo diz que cobrou fabricantes e que pode devolver material.

Na sexta-feira, 7, o empresário que intermediou a compra, Glauco Guerra, foi preso em Belém pela PF graças a um mandado expedido pela Justiça do Rio de Janeiro, onde ele também realizou vendas de equipamentos hospitalares.

Casos

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informa que há 7.348 casos confirmados de covid-19 no Pará, 4.091 casos recuperados, 672 óbitos, 667 casos em análise e 2.929 casos descartados. A atualização ocorreu às 19h, deste domingo, 10.

Fonte Roma News

Nenhum comentário