Header Ads




Equatorial alerta para o risco de soltar pipas durante o isolamento social no PA

Equatorial alerta para risco de interrupção de energia. — Foto: Ascom Celpa/Divulgação

A brincadeira com pipas não é recomendada durante o período de isolamento social, segundo a concessionária de energia do Pará, Equatorial. Desde o início do ano já foram contabilizados 1.216 casos de interrupções no fornecimento de energia elétrica ocasionados por pipas que enroscam na rede.

A maior parte dos registros ocorreu nos meses de abril e maio, período em que se intensificaram as ações de distanciamento social por causa da pandemia. Segundo a Equatorial, o número quase se iguala ao período de férias escolares de 2019.

"As interrupções causadas pelas pipas representam prejuízos para toda a população, deixando várias localidades sem energia e atingindo, inclusive, locais que precisam do fornecimento com extrema necessidade nesse período, como é o caso de hospitais e postos de saúde", diz o gerente de Manutenção da Equatorial Pará, Adailson Andrade.

O executivo da área de segurança da Equatorial Energia Pará, Alex Fernandes, orienta que a brincadeira não seja praticada neste período para não ocasionar mais prejuízos à população. "Empinar pipas é uma brincadeira muito saudável, desde que praticada com segurança e em local adequado. Na atual situação de isolamento social que estamos vivendo, orientamos que os jovens fiquem em casa, se puderem, para resguardar sua saúde e de sua família", afirma.

Quando a circulação nas ruas for permitida, os cuidados com a brincadeira não podem ser deixados de lado, como soltar pipas distante da rede elétrica e jamais resgatar o papagaio da rede, caso fique engatada. As linhas de cerol também são um perigo ao entrar em contato com a fiação elétrica, pois podem provocar curto circuito e romper cabos energizados, além do risco de acidentes com cortes.

Por G1 Pará

2 comentários: