Header Ads




Escuridão e buracos revoltam motoristas na PA 431 de Mojuí dos Campos

Trechos sem iluminação e buracos por toda parte. Esta é a real situação da PA-431, que liga a área central de Mojuí dos Campos a rodovia Santarém-Cuiabá (BR-163), no oeste do Pará. Segundo os condutores de veículos, é preciso ter muita cautela e atenção redobrada para não cair em buracos espalhados ao longo da rodovia, por conta da escuridão.

Revoltados com os perigos provocados pela escuridão em vários pontos da estrada, motoristas pedem providências por parte do governadoHélder Barbalho. O agricultor, Manoel Portela, reclama que a escuridão da estrada e os buracos provocam a todo momento riscos de acidentes.
“É perigoso demais, muita escuridão e, fica pior com esses buracos. Várias vezes por dia venho pegar passageiros nessa área do Planalto Santareno, mas o perigo de acidentes é constante com essa escuridão a noite”, afirma.

Ele pede que o poder público recupere a estrada com urgência. "Essa iluminação deve ser recuperada o quanto antes. Já ocorreram muitos acidentes graves nessa estrada. Se não houver solução urgente, vai virar a rodovia da morte", alerta Nascimento.

INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES A PA-

431 conta com dois trechos: O primeiro inicia na comunidade de São José, no trevo localizado no quilômetro 20 da BR-163, por ela segue por 14 quilômetros, até a cidade de Mojuí dos Campos, onde inicia o seu segundo trecho por mais 10 quilômetros, até a comunidade de Santa Rosa, na PA-370.A PA-431 se consolida como o principal acesso ao Município de Mojuí dos Campos. Ela é utilizada para escoamento da produção agrícola de diversas comunidades, e em festividades como a Caminhada de Fé com Maria, realizada anualmente por num trajeto de 37 quilômetros, saindo do Municipio de Mojuí pela referida rodovia e pela BR-163 até a cidade de Santarém, além da Festa da Integração Nordestina, na sede da cidade, que ocorre em julho de cada ano.

Blogdocarpê 

Nenhum comentário