Header Ads




Governo do Pará faz acordo com empresa de respiradores defeituosos mas não tem previsão de adquirir novos equipamentos

Em sete dias, os responsáveis devem depositar na conta da Justiça R$25,2 milhões
Após comprar 152 respiradores defeituosos da empresa SKN, que representa uma fábrica chinesa, o Governo do Estado fechou um acordo com os empresários.

Anteriormente, a Justiça os bens dos proprietários da empresa e a retenção de seus passaportes. A tentativa de contornar a situação também foi executada por meio da embaixada chinesa. Nesta terça-feira, 12, foi definido um acordo com a empresa, que devolverá o valor pago pelo Governo integralmente em até sete dias.

Os responsáveis devem depositar na conta da Justiça R$25,2 milhões. O governador Helder Barbalho informou também que processará a fábrica chinesa da qual ela intermediou a compra dos respiradores com problemas.

Dessa forma, o contrato de compra será cancelado. Apesar da resolução do caso, o Estado continua com a demanda de respiradores. A taxa de mortalidade no Pará já atingiu os 10%. A cada 100 infectados, 10 morrem. Em vídeo, divulgado em redes sociais, Helder não deu previsão de uma nova compra de equipamentos para socorrer os paraenses.


Fonte Roma News

Nenhum comentário